Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Continuação de minha luta por uma professora auxiliar


Bom fui até a promotoria para saber qual foi a resposta da secretária de educação, para começo de conversa não se consegue falar com o promotor quem te atende é uma secretária totalmente despreparada, que nos disse que ele tem uma pessoa com ele e que isso que importa,expliquei que realmente ele tinha, mais não era especializada e que era lei e fiquem pasmos a resposta dela:  Mais o promotor disse se estamos pensando que aqui é a Suíça, fiquei em choque em ouvir isso. Mais não desisti fui até a educação disse que se não resolvessem iria entrar com processo judicial, liguei para a secretária da prefeita e relatei o acontecido depois de muio blablablá, ela me disse para protocolar o pedido na prefeitura, foi o que fiz, agora vamos esperar.
Mesmo assim como havia pedido para falar com o promotor, recebi uma ligação marcando o dia e hora para conversarmos com ele, no dia marcado fomos eu e a minha amiga Andrea, e ele falou que o que eles tinham estava de bom tamanho, que ele havia pesquisado e era isso mesmo que poderiam oferecer,depois de muita conversa falei para ele, eu conheço a prefeita da minha cidade e a irmã dela, eu sou a Sarinha, aí ele se lembrou de mim, já que quando era mais nova conhecia ele da cidade vizinha e sabia que ele era amigo delas, ai ele me disse:-Ah sarah é vc não havia te reconhecido por causa do óculos, o que eu posso te orientar é entrar com uma ação judicial, em fim essa foi o final da conversa que eu não gostei nem um pouco, pois se eles estão lá para nos defender e não o faz!
Bom depois de esperar por mais ou menos um mês, fomos chamadas na secretária da educação da minha cidade para nos darmos a resposta.
E a resposta que nos foi dada é que iria continuar do jeito que estava,e a chefe da educação nos pediu que assinássemos o processo, claro que negamos assinar, pois se fizéssemos isso estaríamos concordando com o que ela nos disse, aí respodi que queríamos uma cópia e já avisei que entraríamos com ação judicial e ele escreveu isso no processo.
Mais ainda não desisti depois de tudo falei com a secretária da prefeita e disse que gost´ria que fosse dado a mediadora de boa vontade, pois ficaria bonito para ela, ela me pediu para ligar na segunda, liguei e o que me disse que conversou com a prefeita e chefe de educação e que deveria entrar mesmo com a ação, pois se desse para meu filho teria que dar para os outros tbm e ai teriam como declarar o gasto, mais ai eu pergunto e falei para ela se é um direito de todos,como assim....
O pior ainda está por vir fui buscar a negativa na prefeitura do processo e a chefe da educação mentiu no processo dizendo que eles tem o atendimento necessário já está sendo oferecido o que é uma mentira deslavada dela, mais ainda cruzo o caminho dela e vou falar umas bocas e boas, pois o dinheiro que seria usado para tal fim não seria o dela e ainda tem o programa viver sem limites do governo que pode ser usado para isso o que no caso a minha cidade não aderiu ao programa.
A ultima etapa foi falar com o outro promotor que é da vara e da infância ah esse sim merece o meu respeito, pois fomos tratadas totalmente diferente do outro expliquei a situação e ele entrou com a ação contra a prefeitura da minha cidade, depois eu conto o que aconteceu, bjsss

Nenhum comentário:

Postar um comentário